Bose IE2

INTRODUÇÃO

bose_ie2A maioria dos audiófilos levanta uma sobrancelha ao ler o nome Bose. O problema é que essa é uma daquelas marcas de som que se encontram, em termos de preço, acima das mais comuns, enquanto fazem pesadas propagandas, ressaltando uma teórica qualidade incrível de áudio (lembra dos Monster Beats?). E, na realidade, não é bem assim. A Bose conseguiu fama, e está frequentemente na cabeça do consumidor comum como uma das melhores marcas de som existentes, mas muitas vezes é perfeitamente possível conseguir mais por menos. Entretanto, por vezes, alguma coisa boa sai do forno. O objeto dessa avaliação é uma delas: o Bose IE2.

Coincidentemente, minha jornada na audiofilia começou com o Bang&Olufsen A8, e algum tempo depois ele foi substituído pelo antigo Bose IE. Eu estava apenas começando, e à época considerei uma boa troca, mas hoje acho incrível como um fone pode ser tão ruim. O som é uma massa indefinida, com médios-graves esquisitíssimos e sem timbre, que encobrem todo o resto do espectro. Há apenas resquícios de agudos, e o que existe não tem definição alguma, o que também ocorre com os médios. Terrível.

Portanto, imaginei que o IE2 seria mais do mesmo, um fone que serviria apenas para me fazer rir. Mas não foi o que aconteceu.

 

ASPECTOS FÍSICOS

Bose IE original

Bose IE original

Os dois IEMs da Bose, na verdade, não podem exatamente ser classificados como intra-auriculares, porque não selam o ouvido. É um sistema inusitado, já que os fones possuem uma borracha, como os IEMs, mas ela senta no canal como um earbud comum e o isolamento é quase inexistente. Esse pode ser um grande defeito, mas para muitos, tenho certeza de que é uma belíssima vantagem. Conheço várias pessoas que não gostam de intra-auriculares, e o Bose acaba ficando entre eles e earbuds comuns: tem o arejamento e o conforto de um earbud, mas com algumas características sonoras de IEMs.

O conforto é acima da média, já que as borrachinhas, apesar de um tanto estranhas, se acomodam muito bem nos ouvidos. Elas, ao contrário de no IE original, possuem uma protuberância na parte de cima, que se encaixa no ouvido e promovem um encaixe mais seguro do fone. Esse nunca foi um problema grave para mim no intra-auricular antigo, mas de toda forma essa é uma melhora muito bem-vinda.

A construção é simples: ele é quase todo feito em plástico, com algumas partes cromadas. O cabo é emborrachado e aparenta ser bem resistente, mas o esquema de cores em preto e branco me desagrada bastante, porque chama muito a atenção. A embalagem é simples, e ele acompanha uma caixinha para transporte e dois pares de ponteiras de cada tamanho: pequenas, médias e grandes.

 

O SOM

hgeew3vezsPude ouvir um IE2 numa viagem, num estande da Bose, e fiquei positivamente surpreso. Ele é, na minha honesta opinião, excelente. Agora, estou com um em minhas mãos e posso avaliar mais criteriosamente.

O que ouvi era muito diferente do IE original: uma sonoridade balanceada, com graves fortes mas no lugar certo, e um caráter melódico e realmente quente. Não teria medo de chamá-lo de um dos fones naturais nessa faixa de preço. Nela, é comum termos fones dinâmicos com aquela sensação de pressão que já descrevi diversas vezes – comum nos Sony –, ou com uma assinatura em V, forte em graves e agudos, que normalmente me soa longe de natural. No extremo oposto, temos os de armadura balanceada, com médios abertos, mas granulados, e com problemas de extensão. Ainda podem ser interpretados como naturais, mas é uma naturalidade diferente.

Já o Bose, surpreendentemente, é cheio e caloroso. A começar pelos graves, parte fundamental dessa personalidade: é engraçado que um fone aberto como ele possa apresentar graves com essa quantidade e qualidade. No antigo, era um desastre. Aqui, eles têm ótimo peso e presença. Pode passar um pouco do ponto em alguns casos, mas nunca são intrusivos. Nesse quesito, ele me lembra um pouco o HiFiMAN HE500. Logicamente, não há como comparar a qualidade dos dois, mas em termos de quantidade, são parecidos.

Os graves são bem texturizados e com bom detalhamento, e apresentam uma interessante união entre peso e impacto seco: muitas vezes, essas duas características não convivem juntas, já que um impacto puro e seco é fruto de uma sonoridade seca nessa área – e peso vem do contrário. Mas, aqui, temos os dois bem juntos, o que só costuma acontecer em fones extremamente sofisticados. Vale dizer, porém, que eles não são perfeitos. Falta uma última gota de definição e aquela formação perfeita entre textura e gordura que fones como o JH13 e HE500 mostram tão bem. Mas, para essa faixa de preço e para um fone desse tipo, acho difícil pedir mais do que é oferecido.

O mais impressionante, porém, é a extensão, que não fica devendo a nenhum outro intra-auricular que eu já tenha ouvido. Como fizeram um IEM aberto com tanta extensão? A faixa Dark Spaces, do EP Actaeon, do DFRNT, é um exemplo disso. As notas mais graves não perdem fôlego e o IE2 consegue apresentá-las com maestria.

big_boseie2_ipodOs médios continuam a impressionar. A posição no espectro, frente aos graves e agudos, é basicamente a ideal, e a apresentação é muito mais suave do que a do Ultimate Ears UE600, como é de se esperar de um bom dinâmico. Ele fica devendo em detalhamento, mas também está bem longe de ser um fone que esconde detalhes. Os médios são realmente doces e suaves, sendo certamente o que eu chamaria de bem próximos da neutralidade. A única coisa – e esse é o único defeito mais significativo que vejo nesse Bose – é que há um pico nos médios que dá um efeito de “grito” em alguns casos, o que gera uma agressividade. Por exemplo, na obra prima Mojo Pin, do Jeff Buckley, em alguns trechos a voz se torna excessivamente alta, por se localizar justamente numa área de pico do IE2.

Não é um problema grave – essa característica é muito presente no Grado HP1000, mas no caso dele compõe sua assinatura geral com perfeição –, mas que pode incomodar em alguns gêneros, já que o resultado pode forçar o ouvinte a reduzir o volume para compensar.

Uma vantagem do IE2 é também a espacialidade, o que provavelmente se deve ao fato de ele ser um fone aberto. Esse é um fone com bom palco. Não é que ele seja grande e com instrumentos perfeitamente posicionados – mas o arejamento é muito bom, e nunca causa qualquer sensação de claustrofobia.

Já os agudos são um pouco mais complicados, porque os considero excelentes, mas não há como negar que são recuados, o que pode incomodar alguns. Ele é, como já disse, um fone muito suave, e esses agudos recuados compõem esse caráter. O problema é que, de fato, em algumas situações pode faltar brilho. Essa faixa de frequência nunca vai chamar atenção. É parecido com o Grado HP1000 nesse aspecto, em termos de quantidade.

O timbre também é muito bom nessa região, com bom corpo – o que, como digo em praticamente todas as avaliações recentemente, é muito difícil de achar. A clássica I’m Jim Morrison, I’m Dead, da Mogwai, que uso como teste para agudos, é um claro showcase da performance do Bose nessa região: os pratos são consideravelmente recuados, mais do que eu gostaria, mas em termos de timbre, temos uma ótima performance. De toda forma, acho que os agudos do IE2 são ótimos, e se são recuados, não lembram em nada o recuo e falta de extensão do SE535 – no final das contas, compõem de forma excelente sua sonoridade geral. A extensão não é das mais incríveis, mas cumpre seu papel.

Bose_MIE2_440x330Em termos de detalhamento geral, ele é satisfatório. Não é um monstro, mas sinceramente, ele nunca parece velado, e parece que a prioridade é a naturalidade – característica que ele possui aos montes.

Devo também falar sobre um pequeno detalhe: esse fone é bem ineficiente. Não é que um amplificador seja necessário em termos de qualidade sonora, mas no meu iPod Classic, tenho de colocar o volume no máximo ou próximo dele para atingir um volume satisfatório. Sei que parte disso se deve ao fato de praticamente não haver isolamento, mas não há como negar que aqui há uma certa ineficiência. Isso não vai ser problema num iPhone, por exemplo, que possui bastante volume na saída, mas no iPod Classic, pode ser um problema para aqueles que escutam num volume mais elevado.

 

CONCLUSÕES

Não há como esconder que fiquei muito impressionado com o Bose IE2. Não conheço muita coisa (se é que eu conheça alguma) que supere sua naturalidade, que mistura doçura com peso e autoridade, em faixas de preço parecidas. Realmente acho que a marca fez um fone incrível, que entrega uma performance bem acima da média.

É uma sonoridade muito confortável, que se adequa bem a qualquer estilo musical de maneira excelente: jazz, rock, música eletrônica, música clássica… tudo fruto de um belíssimo equilíbrio tonal, com graves ótimos, presentes e com boa definição, médios excelentes e agudos doces e levemente recuados.

Bose_IE2_Headphones-1_1_440x330Não quero que o leitor ache que eu esteja falando sobre o fone mais natural já produzido – longe disso –, mas mantendo o preço em perspectiva, e seus competidores, não há como não se impressionar. Apesar de ele (como é de se esperar) perder em algumas áreas mais técnicas, acho que o maior elogio que posso fazer é dizer que não pensaria duas vezes em pegar o IE2 antes de várias alternativas muito mais caras: e coloque aí Shure SE530/535, Westone UM3X e Sennheiser IE8. Ele me soa menor e menos complexo, mas ao mesmo tempo mais correto em boa parte das situações e, se não consegue impressionar tanto em aspectos positivos, impressiona por praticamente não apresentar aspectos negativos. Não tem o velo do Shure, a nuvem nos médio-graves do Westone e a tsunami de graves do Sennheiser. Sabe ser doce, mas também sabe ter energia.

A única coisa que pode ser encarada como um problema grave é a falta de isolamento, que o torna não tão efetivo em ambientes mais barulhentos, problema que se acentua pela relativa ineficiência. Mas, para aqueles que não se importam com isso, realmente não tenho do que reclamar. E, para os que não suportam IEMs, mas não gostam da apresentação pequena dos earbuds, não tenho como recomendar o IE2 o suficiente.

Bose, não sei se isso foi um acidente, e odiaria inflar seu ego, mas, sinceramente, meus parabéns!

 

Especificações Técnicas

Bose IE2 – R$476,10 / US$99,00

  • Driver dinâmico único
  • Sensibilidade (1 mW): Não informado
  • Impedância (1kHz): Não informado
  • Resposta de Frequências: Não informado

Equipamentos Associados:

iPod Classic

67 Comments
0
  • Puxa, esse review foi uma surpresa muita bem-vinda! Eu já tive o IE e agora possuo o IE2 e realmente a diferença é grande, também não esperava tanto do IE2. Quanto ao isolamento, pra mim é um fone perfeito para ser usado no trabalho, pois no meu caso isolamento no escritório é complicado: é um telefone que chama, etc e preciso ficar ligado também nas demandas externas. Quanto ao conforto, impossível superá-lo, pois praticamente é imperceptível o fit; em determinados momentos a gente até esquece que está com eles! Finalizando, tomei uma excelente surpresa exatamente como no review e com muito gosto mantive-o na minha pequena coleção.

    • Obrigado, Melro!
      Pois é, são bem diferentes, e considero o IE2 um fone excelente mesmo. Eu teria dificuldades em usar como um único fone pela falta de isolamento, mas de fato, pras pessoas para as quais isso não é tão necessário, esse Bose é um belíssimo fone, principalmente por menos de 100 dólares!
      Um abração!

  • Anônimo

    vc consegue notar a diferença entre mp3 320 e FLAC? ou mp3 128 e mp3 320?

    • Entre mp3 128kbps e 320kbps a diferença é óbvia e bem audível em 10 segudos de música, já entre mp3 320 e FLAC é mais sutil, mas ainda assim é uma diferença audível num bom sistema.

  • Cauê

    Esse fone parece ser uma excelente opção de custo x beneficio… se eu não visse essa analise passaria longe por causa da marca, mas realmente fiquei surpreso com esse produto… o único contra seria a falto de isolamento mesmo… mas isso pode ser algo a favor para alguns dependendo do uso.

    • Sim! Eu também não esperava, principalmente após minha experiência com o IE original. Mas te garanto que o IE2, exceto pelos aspectos físicos, não lembra o irmão mais velho em absolutamente nada!

  • kidgafanhoto

    Leonardo, parabens por mais um exelente review. Aproveitando o momento, por que você não faz um review do Denon D2000 ? Digo um review e não um comentário porque você faz criticas excelentes dos fones aqui, e creio que você já tenha entrado em contato com algum D2000.
    Vlw.

    • Obrigado!

      Infelizmente não tenho como fazer um review do D2000 porque não tenho acesso a nenhum, e pra fazer uma avaliação, o ideal é que eu passe mais ou menos uma semana com o fone. Já o ouvi uma vez, mas por coisa de dois minutos!

      Mas, se um dia tiver a oportunidade de ficar um tempo com um D2000, pode ter certeza que faria a avaliação.

      Um abraço!

  • kidgafanhoto

    Leonardo, parabens por mais um exelente review. Aproveitando o momento, por que você não faz um review do Denon D2000 ? Digo um review e não um comentário porque você faz criticas excelentes dos fones aqui, e creio que você já tenha entrado em contato com algum D2000.
    Vlw.

  • Bruno

    Leonardo, … Parabéns pelo Blog…. muitas dúvidas (básicas..) para mim já foram esclarecidas…

    A Tempos atras comprei um Beats STUDIO by Dre.. e desde então comecei a me interessar cada vez mais por todo este universo…. (como você mesmo disse.. CAMINHO SEM VOLTA) Adoro música! Adoro os detalhes do som…..
    Pesquisando muito sobre o assunto, percebi que estes Headphones ficam muito a desejar em relação a grande propaganda… Com isso, por gostar muito de apreciar uma bela música quero investir um pouco mais. Por favor..gostaria de saber.. na sua opinião, o quanto (por exemplo em escala de 1 a 10) um AKG 550, audio technica m50 e abertos como AKG K701… são melhores que o Beats STUDIO… Eu uso no meu iMAC sem amp, DAC.. a única coisa “melhorzinha” é que escuto sempre em formato FLAC..
    Abusando um pouco.. gostaria de pedir sua opinião pessoal em um Full Size fechado até R$ 800,00.. e um AMP+DAC até uns R$ 500,00…

    Estou a meses a procura pelos diversos sites de reviews… porém é muito difícil chegar a uma conclusão…

    Desde já eu agradeço muito

    Um grande Abraço

    Bruno

    • Obrigado, Bruno!

      O Beats Studio não é tão ruim – o Solo que é terrível –, o problema é que, em termos de qualidade sonora, ele está longe do que o preço sugere. Eu não tenho como te dizer o quanto cada um é melhor que o Beats, primeiro porque isso é subjetivo, e segundo porque tenho pouca experiência com o Studio e nenhuma com o K550 e M50. Mas, pelo fato de vc ter escolhido o Monster, imagino que queira graves com presença. Se esse é o caso, eu já descartaria logo o K701 – que, inclusive, é difícil de ser empurrado e não vai se dar bem direto no iMac –, e ficaria entre o K550 e o M50, ambos boas opções. Eu, pessoalmente, optaria pelo AKG! Mas é pelo que leio, já que nunca o ouvi. Também acho que vale a pena dar uma olhada nos HiFiMAN HE300 e HE400, mas são abertos.

      Quanto a um amplificador e DAC por esse preço, tem o combo novo da Schiit que parece interessante, o Magni e o Modi. Estão sendo muito bem falados! Eu também ficaria de olho nos classificados do Headfi, tem muita coisa boa aparecendo de vez em quando! Bons DACs são fáceis de achar, e amplificadores, desde que tenham potência o suficiente pra empurrar seus fones, também vão ser bons. Acho que nesse momento vale mais comprar um combo simples, como vc vai fazer, pra que vc entenda o lugar deles na cadeia, e o que podem fazer pelo seu sistema.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço!

      • Anônimo

        Ajudou sim!! Muito obrigado..!
        Pelo valor, e depois de tanto pesquisar, estou na duvida entre o AKG K 550 e Sennheiser Momentum, estando mais propenso ao AKG K 550, o que acha?
        Sobre combos DAC+ AMP, estou querendo adquirir o Fiio E17 Alpen com Dock E09… (http://www.ebay.com/itm/271129506357?redirect=mobile) Qual a sua opinião? Esse amp tocaria bem outros fones mais pesados futuramente?
        Um grande abraço e desde ja agradeço muito a ajuda!
        Bruno

        • Os dois fones têm propostas um pouco diferentes: o Momentum é um fone portátil, feito para ser ouvido na rua, então isola bem mas tem uma assinatura mais escura e “confortável”, além de ser mais fácil de empurrar. Já o K550 tem pretensões mais audiófilas, de ser um fone de referência, então a assinatura provavelmente vai ser bem diferente (mais clara e com mais agudos) e, apesar de pelo que leio ele ser fácil de empurrar, certamente não vai ser tão fácil quanto o Sennheiser.

          Quanto ao E17 e E09, pelo que sei são boas opções sim, e o E09 é bem forte. Inclusive ele era recomendado pela sinergia com o K701, fone reconhecidamente difícil de empurrar!

          Acho que assim vc vai montar um bom set.

          Um abraço!

  • Bruno

    Leonardo, … Parabéns pelo Blog…. muitas dúvidas (básicas..) para mim já foram esclarecidas…

    A Tempos atras comprei um Beats STUDIO by Dre.. e desde então comecei a me interessar cada vez mais por todo este universo…. (como você mesmo disse.. CAMINHO SEM VOLTA) Adoro música! Adoro os detalhes do som…..
    Pesquisando muito sobre o assunto, percebi que estes Headphones ficam muito a desejar em relação a grande propaganda… Com isso, por gostar muito de apreciar uma bela música quero investir um pouco mais. Por favor..gostaria de saber.. na sua opinião, o quanto (por exemplo em escala de 1 a 10) um AKG 550, audio technica m50 e abertos como AKG K701… são melhores que o Beats STUDIO… Eu uso no meu iMAC sem amp, DAC.. a única coisa “melhorzinha” é que escuto sempre em formato FLAC..
    Abusando um pouco.. gostaria de pedir sua opinião pessoal em um Full Size fechado até R$ 800,00.. e um AMP+DAC até uns R$ 500,00…

    Estou a meses a procura pelos diversos sites de reviews… porém é muito difícil chegar a uma conclusão…

    Desde já eu agradeço muito

    Um grande Abraço

    Bruno

    • Obrigado, Bruno!

      O Beats Studio não é tão ruim – o Solo que é terrível –, o problema é que, em termos de qualidade sonora, ele está longe do que o preço sugere. Eu não tenho como te dizer o quanto cada um é melhor que o Beats, primeiro porque isso é subjetivo, e segundo porque tenho pouca experiência com o Studio e nenhuma com o K550 e M50. Mas, pelo fato de vc ter escolhido o Monster, imagino que queira graves com presença. Se esse é o caso, eu já descartaria logo o K701 – que, inclusive, é difícil de ser empurrado e não vai se dar bem direto no iMac –, e ficaria entre o K550 e o M50, ambos boas opções. Eu, pessoalmente, optaria pelo AKG! Mas é pelo que leio, já que nunca o ouvi. Também acho que vale a pena dar uma olhada nos HiFiMAN HE300 e HE400, mas são abertos.

      Quanto a um amplificador e DAC por esse preço, tem o combo novo da Schiit que parece interessante, o Magni e o Modi. Estão sendo muito bem falados! Eu também ficaria de olho nos classificados do Headfi, tem muita coisa boa aparecendo de vez em quando! Bons DACs são fáceis de achar, e amplificadores, desde que tenham potência o suficiente pra empurrar seus fones, também vão ser bons. Acho que nesse momento vale mais comprar um combo simples, como vc vai fazer, pra que vc entenda o lugar deles na cadeia, e o que podem fazer pelo seu sistema.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço!

      • Anônimo

        Ajudou sim!! Muito obrigado..!
        Pelo valor, e depois de tanto pesquisar, estou na duvida entre o AKG K 550 e Sennheiser Momentum, estando mais propenso ao AKG K 550, o que acha?
        Sobre combos DAC+ AMP, estou querendo adquirir o Fiio E17 Alpen com Dock E09… (http://www.ebay.com/itm/271129506357?redirect=mobile) Qual a sua opinião? Esse amp tocaria bem outros fones mais pesados futuramente?
        Um grande abraço e desde ja agradeço muito a ajuda!
        Bruno

        • Os dois fones têm propostas um pouco diferentes: o Momentum é um fone portátil, feito para ser ouvido na rua, então isola bem mas tem uma assinatura mais escura e “confortável”, além de ser mais fácil de empurrar. Já o K550 tem pretensões mais audiófilas, de ser um fone de referência, então a assinatura provavelmente vai ser bem diferente (mais clara e com mais agudos) e, apesar de pelo que leio ele ser fácil de empurrar, certamente não vai ser tão fácil quanto o Sennheiser.

          Quanto ao E17 e E09, pelo que sei são boas opções sim, e o E09 é bem forte. Inclusive ele era recomendado pela sinergia com o K701, fone reconhecidamente difícil de empurrar!

          Acho que assim vc vai montar um bom set.

          Um abraço!

  • leone

    Comprei ha alguns meses um Audio Technica ATH CKM500, eu amei o fone, só acho que a voz do cantor é um pouquinho baixa se comparado com alguns outros fones, nos quais a voz é mais presente. Ja percebi q comprar fones virou uma obsessão pra mim hihihi, então ja estou vendo outro, pensei no SENNHEISER IE8, mas vi seu rewiew e ja desisti, pq n quero graves tão fortes!!Quero algo bem equilibrado, qual é o fone com som mais claro, nítido e equilibrado, o fone mais perfeito em questão de som que voce conhece??

    Obrigado
    Leone

    Sua dúvida sobre o anúncio Fone SENNHEISER IE8

    • Leone, os melhores fones que já ouvi são o Sennheiser Orpheus, Grado HP1000 e Stax SR-007, mas são caríssimos e raros, imagino que vc esteja procurando algo mais simples e não disse isso na pergunta, certo?

      Bom, de full-sizes, ainda em produção, existem os ótimos ortodinâmicos Audez’e LCD2 e LCD3, e HiFiMAN HE6 e HE500. Se quiser ficar em dinâmicos, há Sennheiser HD800, Beyerdynamic T1, Fostex TH-900… mas todos precisam de amplificação dedicada. Em IEMs, o melhor que conheço é o JH13Pro, mas também tenho boas expectativas quanto ao Unique Melody Miracle e Ultimate Ears Reference Monitor.

      Descendo um pouco a escada e partindo para opções mais acessíveis, eu recomendaria Sennheiser HD600 (não é o fone mais transparente que existe, mas ainda assim é bem revelador), AKG K701 e K550 e Grado SR325i. De IEMs, pra transparência, escolheria o Sony EX1000.

      Espero ter ajudado!
      Um abraço

  • leone

    Comprei ha alguns meses um Audio Technica ATH CKM500, eu amei o fone, só acho que a voz do cantor é um pouquinho baixa se comparado com alguns outros fones, nos quais a voz é mais presente. Ja percebi q comprar fones virou uma obsessão pra mim hihihi, então ja estou vendo outro, pensei no SENNHEISER IE8, mas vi seu rewiew e ja desisti, pq n quero graves tão fortes!!Quero algo bem equilibrado, qual é o fone com som mais claro, nítido e equilibrado, o fone mais perfeito em questão de som que voce conhece??

    Obrigado
    Leone

    Sua dúvida sobre o anúncio Fone SENNHEISER IE8

  • leone

    É verdade, eu exagerei na pergunta….nem sabia q existiam fones tão complexos. Não quero nada acima de R$ 600,00 ; nada customizado ou muito dificil de se encontrar. E de preferencia um intra auricular. Eu sei q ja limita bastante, mas ha tantas opções q eu fico perdido!!
    Queria saber qual vc recomenda com som equilibrado, claro e nitido.Com bons vocais.

    Obigado, abraços.

    • Não só existem como foram avaliados por mim aqui no blog hahaha!

      Bom, nesse caso, se vc quer clareza, eu partiria pra um fone de armadura balanceada, como o Ultimate Ears UE600. É um bom fone, consideravelmente transparente e com médios bem para a frente. Também já fiz uma avaliação dele aqui, de repente é o que vc procura!

      Um abraço!

  • leone

    É verdade, eu exagerei na pergunta….nem sabia q existiam fones tão complexos. Não quero nada acima de R$ 600,00 ; nada customizado ou muito dificil de se encontrar. E de preferencia um intra auricular. Eu sei q ja limita bastante, mas ha tantas opções q eu fico perdido!!
    Queria saber qual vc recomenda com som equilibrado, claro e nitido.Com bons vocais.

    Obigado, abraços.

    • Não só existem como foram avaliados por mim aqui no blog hahaha!

      Bom, nesse caso, se vc quer clareza, eu partiria pra um fone de armadura balanceada, como o Ultimate Ears UE600. É um bom fone, consideravelmente transparente e com médios bem para a frente. Também já fiz uma avaliação dele aqui, de repente é o que vc procura!

      Um abraço!

  • Anônimo

    Cara, voce ja ouviu o Shure E3C e o E4C ?
    Se sim, o que achou do som? Qual a diferença no som de um e de outro?

  • Anônimo

    Cara, voce ja ouviu o Shure E3C e o E4C ?
    Se sim, o que achou do som? Qual a diferença no som de um e de outro?

  • André

    Leonardo,
    Parabéns pelas excelentes matérias.
    Tenho acompanhado as suas avaliações e mesmo sendo leigo, consigo compreender e a entender melhor as características e performances das principais marcas de fones de ouvido que existem atualmente. E por isso gostaria de sua opinião e ajuda, caso seja possível.
    Estou procurando um fone de ouvido IE na faixa de US$ 100,00 para audição de música clássica principalmente em tocadores simples, como iPhone, smartphones e notebooks.
    Você teria alguma indicação?
    Obrigado.
    Um abraço,
    André

    • Olá, André! Muito obrigado!

      Hoje em dia existem boas opções nessa faixa de preço. Pra música clássica, considero boa resolução, arejamento e texturização mais importantes que o equilíbrio tonal. Eu olharia para o Ultimate Ears UE600 e Shure SE215, acho que são boas opções!

      Espero ter ajudado!

      Um abraço!

      • André

        Muito obrigado Leonardo.
        Ajudou sim.
        Esses dois modelos sugeridos por você, em sua opinião, seriam melhores para música clássica do que o IE2 da Bose, certo?
        Novamente agradeço a sua atenção.
        Um abraço,
        André

        • Acho que sim! O IE2 tem características excelentes pra muitos gêneros, mas acho que, no caso de música clássica especificamente, existem opções melhores.

          Um abraço!

  • André

    Leonardo,
    Parabéns pelas excelentes matérias.
    Tenho acompanhado as suas avaliações e mesmo sendo leigo, consigo compreender e a entender melhor as características e performances das principais marcas de fones de ouvido que existem atualmente. E por isso gostaria de sua opinião e ajuda, caso seja possível.
    Estou procurando um fone de ouvido IE na faixa de US$ 100,00 para audição de música clássica principalmente em tocadores simples, como iPhone, smartphones e notebooks.
    Você teria alguma indicação?
    Obrigado.
    Um abraço,
    André

    • Olá, André! Muito obrigado!

      Hoje em dia existem boas opções nessa faixa de preço. Pra música clássica, considero boa resolução, arejamento e texturização mais importantes que o equilíbrio tonal. Eu olharia para o Ultimate Ears UE600 e Shure SE215, acho que são boas opções!

      Espero ter ajudado!

      Um abraço!

      • André

        Muito obrigado Leonardo.
        Ajudou sim.
        Esses dois modelos sugeridos por você, em sua opinião, seriam melhores para música clássica do que o IE2 da Bose, certo?
        Novamente agradeço a sua atenção.
        Um abraço,
        André

        • Acho que sim! O IE2 tem características excelentes pra muitos gêneros, mas acho que, no caso de música clássica especificamente, existem opções melhores.

          Um abraço!

  • Anônimo

    Muito obrigado Leonardo.
    Ajudou sim.
    Esses dois modelos sugeridos por você, em sua opinião seriam melhores para música clássica do que esse IE2 da Bose, certo?
    novamente agradeço a sua atenção.
    Um abraço,
    André

  • Anônimo

    Muito obrigado Leonardo.
    Ajudou sim.
    Esses dois modelos sugeridos por você, em sua opinião seriam melhores para música clássica do que esse IE2 da Bose, certo?
    novamente agradeço a sua atenção.
    Um abraço,
    André

  • Anônimo

    Leonardo boa noite.

    Parabéns pelas matérias e está me ajudando a pensar bem diferente a respeito dos fones.

    Tenho um Bose IE, mas acho ele horrível (que decepção) e também tenho um Bose Qc15 – Quietconfort, esse eu gosto, mas não da para eu poder levar para academia.
    Queria que você me indicasse um fone in ear que tivesse um bom isolamento e uma boa qualidade de som com um preço acessível. Escuto muito música eletrônica e utilizo o IPOD TOUCH.

    Agradeço a atenção.

    Abraço,

    Renato.

    • Obrigado, Renato!

      De fato, o IE original é um péssimo fone, ao contrário do QC15, que é muito bom.

      Hoje em dia há muitas opções acessíveis de IEMs, numa faixa inferior à do IE2, que se dão bem com música eletrônica. Eu daria uma olhada no Shure SE215, Klipsch Image S4, Sennheiser CX-300II e Etymotic MC2. Tanto o Shure quanto o Etymotic têm excelente isolamento e fit, e os outros dois ficam um pouco atrás, mas dá pra fazer um loop com o cabo por trás da orelha (como o Shure é normalmente) e conseguir um fit melhor. Pra completar, com todos menos o MC2, eu compraria as ponteiras Comply, que vão melhorar o conforto e o isolamento e ainda vão te dar um fit mais seguro pra usar na academia.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,
      Léo

  • Anônimo

    Leonardo,

    O que você acha do fone sennheiser ie8 em relação aos que você indicou?
    Li sua matéria sobre ele. Estou perguntando porque achei ele com um preço bom.
    Qual deles você compraria, sendo com a melhor qualidade e isolamento.

    Obrigado,

    Renato.

  • Anônimo

    Leonardo,

    O que você acha do fone sennheiser ie8 em relação aos que você indicou?
    Li sua matéria sobre ele. Estou perguntando porque achei ele com um preço bom.
    Qual deles você compraria, sendo com a melhor qualidade e isolamento.

    Obrigado,

    Renato.

  • Anônimo

    Leonardo,

    Gostaria de um fone de ouvido melhor que o IE2, que não fosse tão caro.
    A melhor opção de um fone com um preço razoável e bom.

    Me desculpe tantas perguntas, porque fico com muitas dúvidas.
    Depois que comprei o Bose IE e o fone é horrível, fico com medo
    de comprar outro e ser ruím.

    Muito obrigado,

    Renato.

    • Ah, se vc está olhando para o IE8, provavelmente está disposto a gastar um pouco mais, certo? Isso é, contando com o IE8 custando mais ou menos 400 dólares. Menos que isso é fake!

      Bom, de qualquer forma, não sei se eu recomendaria o IE8, porque considero o grave dele excessivo e muito solto. Nada perto do IE, é claro, mas ainda assim muito longe do que considero ideal. Eu olharia para o Westone 4, Monster Turbine Pro e JVC FX800. Acredito que todos sejam boas opções.

      Todos estão disponíveis na Accessory Jack!

      Um abraço,
      Léo

  • Anônimo

    Leonardo,

    Gostaria de um fone de ouvido melhor que o IE2, que não fosse tão caro.
    A melhor opção de um fone com um preço razoável e bom.

    Me desculpe tantas perguntas, porque fico com muitas dúvidas.
    Depois que comprei o Bose IE e o fone é horrível, fico com medo
    de comprar outro e ser ruím.

    Muito obrigado,

    Renato.

    • Ah, se vc está olhando para o IE8, provavelmente está disposto a gastar um pouco mais, certo? Isso é, contando com o IE8 custando mais ou menos 400 dólares. Menos que isso é fake!

      Bom, de qualquer forma, não sei se eu recomendaria o IE8, porque considero o grave dele excessivo e muito solto. Nada perto do IE, é claro, mas ainda assim muito longe do que considero ideal. Eu olharia para o Westone 4, Monster Turbine Pro e JVC FX800. Acredito que todos sejam boas opções.

      Todos estão disponíveis na Accessory Jack!

      Um abraço,
      Léo

  • Lealdo

    Possuo um IE2 e estou a procura de melhorar a qualidade em termos de fone de ouvido. Leonardo, você que têm mais experiência, me recomendaria um amplificador para o IE2 em busca de melhor qualidade ou partir para um fone maior e somente depois partir para um amplificador?

    Abraço!

    • mindtheheadphone

      Olá Lealdo

      Não ligue pra amplificadores a menos que vc tenha um custom topo de linha, como um JH Audio JH13 Pro ou Unique Melody Miracle. Caso contrário, acredito que o dinheiro do amplificador poderia ser usado num upgrade de fone, que na minha opinião é muito mais significativo. Recomendo partir para um outro fone!

      Um abraço!

      • Lealdo

        Obrigado!
        Acompanho o seu blog desde o início, conteúdo excelente! Ví que está participando do clube Hi-End. Irei frequentar mais os clubes de fones por lá e esperar o dólar acalmar ou uma oportunidade para fazer um upgrade nos fones.

        Abraço!

        • mindtheheadphone

          Opa, obrigado Lealdo!

          Sim, dou uma passada por lá de vez em quando. O problema é que nunca exatamente pegou, e não tem muita atividade…

          Um abraço!

  • André Araújo

    Olá Leonardo, tudo bem?

    Já acompanho seu trabalho neste site há muito tempo e fiquei muito feliz em seguir suas dicas e adquirir um B&W P5, que eu adoro – estiloso, muito bem construído e com uma sonoridade incrível. OBRIGADO!

    Volto a consultá-lo, pois agora gostaria de poder contar novamente com a sua gentileza para me ajudar na definição de compra de 2 novos Fones: um IEM e um Full Size.

    Hoje, além do B&W P5 (Excelente), possuo um iBeats by Dr. Dree (que eu gosto muito, mas que está oxidando e não sei quanto tempo mais durará) e um Klipsh S4i (que considero bom, mas inferior ao iBeats).

    Estava decidido a comprar o novo Beats Tour 2.0 para substituir o meu iBeats, mas depois que li o seu Review do Bose MIE2i, fiquei na dúvida entre o dois.
    Qual você me recomendaria?
    >> Obs: Gosto do “Punch do Bass” do iBeats, tanto que prefiro ele ao Klipsh S4i.
    E você teria algum outro modelo que considere ainda melhor que estes dois, nesta mesma faixa de preço ($ 150.00)???

    Outra pergunta: como eu disse, adoro meu P5, mas também gostaria de um Full Size com uma pegada mais forte nos graves, algo um pouco mais “pancada”.
    Lendo seus reviews, gostei muito do que vi sobre o V-Moda M-80, Skullcandy Aviator e do Sennheiser HD 558. Qual deles você me recomendaria com esta característica?
    De novo: teria algum outro modelo que você considera ainda melhor que estes três citados, na mesma faixa de preço ($ 150 a $200)???

    Muito obrigado pela ajuda e mais uma vez parabéns por compartilhar seu conhecimento conosco.

    Grande abraço,
    André.

  • Roberto

    Ola,
    Depois de ler comentários sobre este fone Bose MIE2 resolvi adquiri-lo,quanto a médios e agudos achei-o bom,porem Graves deixa muito a desejar. Utilizei-o com um Player portatil Iriver que tenho a muito tempo,equalizei,junto com turbobass,dei um grau no volume com MP3Gain mas,não adianta. Tenho varios fones,mas entre tantos pelo menos até hoje o AKG Acoustics K12P é disparado de melhor qualidade sonora, emite graves muito bons.Acredito que vc deva conhecer este modelo,e gostaria se possivel oque faz deste fone ter este diferencial tão grande assim em relação a tantos outros? Este fone não se acha mais no mercado, Oque vc com seu conhecimento me indicaria para que tenha graves bem incorpados.

    obg)

    • mindtheheadphone

      Olá, Roberto!

      O K12p é um earbud, certo? Acho realmente confuso que um desses tenha mais graves que o MIE2, porque earbuds têm limitações físicas que realmente impedem que eles tenham graves realmente fortes, algo que é muito mais fácil para o Bose – que é um quase-IEM. Onde vc comprou o MIE2? Pelo seu relato, acho muito possível que vc tenha comprado uma falsificação. O MIE2 não é um monstro de graves como o antigo IE, mas ainda assim é amplamente considerado um fone com graves fortes. Seu preço de tabela é 130 dólares (90 para o IE2, sem microfone), e se vc tiver pagado muito menos que isso é certo que não é original.

      Sobre o que faz vc preferir o AKG, não sei, afinal não sei os motivos pelos quais vc gosta dele ou se ele realmente está à frente da concorrência – apesar de acreditar que sua raridade e o preço extremamente baixo indica o contrário. Existe uma série de fatores que vão determinar se um fone é bom ou não.

      Para uma indicação, preciso saber quanto vc pretende gastar, afinal posso indicar desde pequenos in-ears de 30 dólares até customizados de 1.800 dólares. De qualquer forma, se vc quer graves, está no tipo de fone errado: earbuds naturalmente não reproduzem graves com competência. Intra-auriculares vão te proporcionar uma experiência melhor em basicamente todos os aspectos!

      Um abraço!

  • julio iglesias

    Ola Senhor, boa noite.

    Gostei muito review , muito informativo.
    Em relação ao fone que foi descrito pelo senhor, eu nao tenho esse fone, mais comprei recente mente o Bose MIE2i StayHear, muito bom o fone, creio que seja da mesma familia dos IE2 e outros,
    Como eu gosto de escutar musicas com muita qualidade sonora, comprei o BOSE MIE2I,
    como o senhor informou o BOSE IE2, nao tem um isolamento muito eficiente, o BOSE MIE2I tbm nao tem um isolamento eficiente, por esse motivo eu coloquei uma borrachinha dos auriculares no fone, as borrachinha encaixa muito bem no StayHear (silicones que prende auxilia a fixar no ouvido), Utilizando as borrachinha + StayHear , o som ficou muito muito mesmo perfeito, O que era natural ficou mais ainda com as borrachinhas, por que o som nao tem interferência de ruido externo.

    Conclusão:
    Para quem desejar comprar um fone da bose que utiliza os StayHear, poderá adicionar umas borrachinhas auriculares que vai ficar muito BOM. Fica a dica.

    • mindtheheadphone

      Olá Julio, boa noite!

      A única diferença entre o IE2 e o MIE2 é a adição de um microfone no cabo, pra que ele seja usado com celulares para atender chamadas. É o mesmo fone. Obrigado pelo relato!

      Um abraço!

      • julio

        Olá senhor,Bom dia.

        Muito obrigado pela informação,

        Estou com uma grande duvida, a respeito de Smartphone,
        Gostaria de comprar um com o objetivo de escutar musica, e aposentar meu ipod eo celular.
        Saberia me informar qual o melhor Smartphone para escutar musicas?
        Fiquei em duvida no iphone 5s e o galaxys 4s, mais pagar tao caro em um celular somente para escutar musica nao sei se seria viável,

        Se o senhor tiver informações sobre o melhor Smartphone para se escutar musicas fiquei muito grato.
        até

        • mindtheheadphone

          Olá, Julio!

          A qualidade de som do iPhone 4S é muito boa.

          Um abraço!

          • julio iglesias

            Boa noite, senhor.

            Muito Obrigado senhor, vou verificar o custo beneficio,

            Até e boa semana.

  • Rodrigo

    Olá, Leonardo!

    Suas resenhas são espetaculares mesmo. Tenho aprendido muito com você.

    Para escutar rock, blues e mpb num ipod, entre o Bose IE2 e o Shure SE215, o que me sugere?

    Valeu!

    Abraços,

    Rodrigo.

    • mindtheheadphone

      Olá Rodrigo, muito obrigado!

      Acho que os dois são excelentes opções, mas distintas. Primeiro há a questão física: o IE2 não fecha os ouvidos, e então não isola, ao contrário do Shure. Pra muita gente, esse é um problema sério num fone portátil – mas outros gostam porque podem ouvir o ambiente externo e por não ter algo inserido dentro dos ouvidos. Em termos de som, o Shure é mais energético que o IE2 e traz um grande incremento nos médio-agudos e agudos. Ele é mais divertido, tem uma resposta de frequência mais em V. Vejo o Bose como mais relaxado e mais natural.

      É possível se satisfazer igualmente com os dois! O ideal é rever suas prioridades e escolher o que mais se encaixa nelas. Acredito que vc vá ficar satisfeito.

      Um abraço!

  • Alexandre

    Tive esse fone e gostei bastante, a única ressalva que faço é com relação a durabilidade, pois o meu, com pouco mais de dois anos, começou a rachar todo o fio, de fora a fora. Não sei se é a secura de Brasilia, mas esse aspecto me deixou muito decepcionado, mormente por se tratar de um fone caro. Nunca tive esse problema com nenhum outro fone, nem mesmo com os xing ling que vem com os celulares… Fica a dica!
    Forte abraço e parabéns pelo site, que é excelente!!!

    • mindtheheadphone

      Muito obrigado, Alexandre!

      Agradeço pelo relato. Realmente não sei se é um problema crônico ou se foi exposição a condições climáticas desfavoráveis – mas de toda forma, certamente é algo que não deveria acontecer!

      Um abraço!

  • Guilherme B

    Ei leonardo, mais uma vez parabéns pelo excelente review. Estou com uma dúvida que me exigiu recorrer a sábios do assunto. Estou pretendendo adquirir um in ear e gostaria de saber, até uns 300 qual seria a indicação sua? Meu gosto musical é bastante eclético e gostaria de um fone com um grave levemente acentuado e as outras frequências mais equilibradas, ou seja, um fone que seja divertido e que empolgue. Atualmente utilizo um Jbl j22 que acho um pouco desequilibrado com graves muito acentuados e ausência de clareza nos médios. O ie2 é uma boa opção? Há fornecedores dele de confiança no Brasil? Obrigado, e mais uma vez parabéns pelo trabalho